Para escolher a Agência Certa, clique aqui!

A 3 de Março de 2009 foi o lançamento à imprensa do Guia da Boas Práticas para Concursos de Agências de Publicidade e Comunicação, numa ação conjunta APAN e APAP.

Como o próprio nome indica, contém um conjunto de recomendações que as duas associações, enquanto representantes da indústria da publicidade e comunicação, consideram serem essenciais para criar um contexto em que agências e clientes possam obter os resultados mais eficazes, de uma forma racional e profissional.

Ganhar um concurso é para todas as agências de publicidade e comunicação o corolário de um esforço, de um investimento e, com todo o orgulho, de um trabalho criativo e estratégico superior.

Mas os processos de seleção de agência são altamente dispendiosos para todos os envolvidos, e a ausência de "normas" da indústria que defendam alguma disciplina, onera fortemente os custos do sector, prejudica a rentabilidade de agências e anunciantes e a qualidade do trabalho que é desenvolvido. E, principalmente na severa conjuntura que estamos a viver,  é um absurdo favorecer o desperdício de recursos.

A introdução de medidas que aportem eficiência, celeridade e transparência é apenas uma questão de bom senso. E é este o objetivo do Guia de Boas Práticas que vos apresentamos.

Não sendo normas vinculativas, não podemos assegurar que todos os anunciantes e agências sigam as recomendações aqui enunciadas.

Mas há algo que, com este Guia, ficamos todos a saber - o que são "boas práticas", definidas e reconhecidas internacionalmente. E só assim, também, se podem reconhecer as "más práticas", que apenas contribuem para a ineficiência do sector, o desperdício, o desrespeito, a banalização e a desvalorização do produto criativo.

Para finalizar, esperamos que o Guia de Boas Práticas contribua para aquele que é o objetivo comum de Agências e Clientes - o início de uma relação estável e duradoura, que beneficie a imagem das marcas e das empresas.

Consulte aqui o Guia de Boas Práticas para Concursos de Agências de Publicidade e Comunicação